Casamentos Pelotas/RS

Rachel e Dartagnan

Pensei em tantas formas de começar esse post, mas vou simplesmente começar. Primeiro preciso dizer que foi um prazer e um desafio fotografar o casamento da Rachel e do Dartagnan. Um amigo chegou a me dizer que sou louca de fazer um evento desses sozinha. Mas, fiz. Depois de negociar e ponderar várias coisas com a noiva, chegamos a um acordo e fechamos “negócio” cerca de um mês antes da data. Foi então que comecei a me envolver com reserva de hotel, passagem e demais programações para ir até Pelotas (250 km distante de Porto Alegre) registrar os lindos momentos do casório deles.

No último sábado, dia 21, saí de Porto Alegre às 10h e cheguei em Pelotas por volta das 13h e alguma coisa, sob uma chuva fina. Pensei: “hmmm, será que Rachel está chateada com a chuva?” Pensei nela pois geralmente é a noiva que se atucana mais, né! Fui para o hotel, descansei um pouco e comecei a revisar meus equipamentos, preparar minha roupa e tentar ligar para a minha noivinha. Ela não atendia. Estava no salão de beleza, eu sabia. Mas, mulher que sou, me atucanei um pouco. Hahahahah. Brincadeira… tentei ligar para o Dartagnan. Falei com ele e confirmei que estava no hotel, que estava tudo certo e esperaria a Rachel passar lá para me pegar na hora combinada. Bem na hora combinada, a Rachel me liga muito tranquila dizendo que estava chegando. Eu tinha pedido um café com torradas e estava acabando de comer. A gente tem que se prevenir porque nunca sabe se vai conseguir parar para comer em eventos. Pois bem, desci e encontrei Rachel na direção do carro, sozinha, falando ao celular com o noivo. Ela não é de Pelotas – ele sim -, então precisou pedir algumas coordenadas sobre os caminhos

Saímos do meu hotel em direção à casa de uma amiga do casal, que foi a motorista da noiva na hora do casamento. Três mulheres empolgadas dentro do carro, indo para o casamento de uma delas. Já viu né!? Comecei a fotografar ali mesmo. Rachel já estava bem linda, maquiada, de jeans e camisa branca. Chegamos na Charqueada Santa Rita, onde ela, os pais e alguns amigos se hospedaram. Tínhamos tempo, tudo muito com tempo, sem correrias. O noivo se aprontando no quarto do casal, a noiva no quarto dos pais. Falaram-se com uma porta entre eles, afinal não podiam se ver! Rachel não parava quieta. Queria vestir o vestido logo! O vestido que repousava pendurado no cabide que, por sua vez, estava pendurado em uma faca. Gauchada né!

Lembro dela sentada na cama me falando que estava sentindo uma coisa estranha, que nunca havia sentido. Era bom, mas era diferente. E olha que o casal já mora junto, já convive e tudo mais. Mas, entendo que deve ser uma emoção maior ainda consolidar esse sentimento e comemorar junto de pessoas que a gente gosta. Porque foi isso que presenciei: uma festa cheia de gente que se gosta.

Eu sempre me envolvo com eventos desse tipo. Acompanho a noiva, muitas vezes vejo ela se vestir, ela ter chilique, o noivo se atrapalhar com o nó da gravata, os pais dos noivos nervosos e tudo aquilo que vocês podem imaginar. Quando fui para a Charqueada Boa Vista, onde seria o casamento de fato, os convidados já começavam a chegar. A hora do casório chegou e nada da juíza aparecer! Juíza chegou atrasada e então o Dartagnan ligou para a Rachel, dizendo que ela poderia vir. Foi muito engraçado presenciar essas ligações! Acontece que ela demorou e demorou e demorou. E eu já estava inquieta e nervosa junto com o noivo! Então ele ligou de novo, hehehe… Quando ela chegou, não queria ser vista por ele. E me deu uma ordem que eu não esqueci: “fotografa a cara dele quando me vir assim!”. Ok, o fiz Foi ali, quando eles se viram pela primeira vez desde que se separaram para se prepararem, que choraram. Certo que eu teria chorado se não estivesse tão envolvida em registrar tudo da melhor forma possível. Certo que sim, pois me emocionei ao lembrar e ao editar as fotos. É bom demais quando é assim. Quando um trabalho deixa de ser só um trabalho para ser algo que nos satisfaz e nos toca de alguma forma.

Festa bonita, informal, sem protocolos e rituais, cheia de alegria e amor. Até show dos noivos teve, gente! E, não podia deixar de comentar, com os melhores bem-casados do mundo!

Antes de acabar esse post imenso e mostrar as fotos, quero agradecer muito ao casal que confiou no meu olhar. Foi um imenso prazer participar da história de vocês! Agora vejam as fotos ouvindo esta música!


rachel dirigindo para o casamento
noiva na direção
caminho até o local do casamento
noiva rachel na porta do quarto
noiva rachel sorrindo
noivo se arrumando na frente do espelho
alianças sobre mesa de madeira
vestido pendurado na faca
vestido de noiva pendurado na porta
Rachel se maquiando em frente ao espelho
rachel noiva colocando vestido
noiva pronta na porta do quarto
noiva simulando jogar bouquet
retrato da noiva na charqueada
retrato criativo silhueta noiva
noiva sorrindo portas azuis
noivo esperando noiva e rindo
familia caminhando em gramado da charqueada
noivo esperando rachel
Rachel + Dartagnan e seu casamento lindo na Charqueada
noiva rachel chegando em seu casamento
noivo vendo noiva pela primeira vez
o encontro dos noivos rachel e dartagnan
noivos casados na charqueada pelotas
beijo dos noivos na charqueada
menina sorrindo na festa
jogando bouquet para meninas na festa rachel
rachel joga bouquet
convidada pegando bouquet da rachel
beijo e dança dos noivos
contraluz noivos no salão
dança de noivos pb
dança romantica noivos rachel e dartagnan
noiva sorrindo enquanto dança
intimidade noivos na pista
noivos cantando e tocando em seu casamento